• www.mesaofrio.com.pt
  • www.mesaofrio.com.pt
  • www.mesaofrio.com.pt
  • www.mesaofrio.com.pt

História

Lazer

Vitivinicultura

Gastronomia

Artesanato

Decantar ou não Decantar?

  • Versão para impressãoEnviar por E-mail

A abertura da garrafa:
- Cortar a respectiva cápsula a 2/5 milímetros abaixo da boca da garrafa.
- Limpar cuidadosamente a testa da rolha e os bordos do gargalo.
- Extrair a rolha com saca-rolhas de rosca, de alavanca de forma a evitar perturbações no vinho. Evite perfurar a rolha de alto a baixo, - tendo sempre em atenção a penetração com a profundidade suficiente para que a rolha não parta.
- Analisar a rolha recolhe uma primeira impressão do estado do vinho.
- Limpar novamente a borda da garrafa.
- Caso o vinho apresente algum depósito poderá decanta-lo.
Decantar ou não decantar?
Nem todas as categorias de vinho necessitam ser decantadas. O vinhos envelhecidos em garrafa devem ser decantados de modo a permitir a remoção do sedimento natural criado no curso da sua maturação. Os Vinhos do Porto Late Bottled Vintage e os tawnies não necessitam decantação pois são vinhos cuja maturação ocorre no casco e que devem apresentar-se límpidos e pronto a ser consumidos sendo o sedimento removido antes do engarrafamento.
As ferramentas de decantação
Não há mistério na decantação. Deixe a garrafa na posição vertical durante algumas horas, isto vai permitir que o depósito se desloque para o fundo da garrafa. Tenha um decanter muito bem limpo (que pode ser substituído por uma garrafa de vinho limpa ou por um jarro). Com a garrafa de vinho do porto sempre na vertical, remova o selo e a cápsula e limpe muito bem o gargalo. Retire a rolha com delicadeza.
Com todo o vagar
Devagar, mas com mão firme, entorne o vinho para o decanter. A marca branca na garrafa diz-lhe em que posição a garrafa foi guardada durante o seu envelhecimento, essa marca deverá estar para cima durante a decantação. Um pequeno funil, de preferência com passador, será o ideal para o ajudar.

 

Como detectar depósito
Uma luz, uma vela ou uma lamparina atrás da garrafa irá ajudá-lo a ver o depósito a aproximar-se, altura na qual deverá parar a decantação. Se o vinho desenvolveu muito depósito, poderá socorrer-se de um pano de algodão limpo que colocado no funil o ajudará a libertar-se do depósito criado. Bons cozinheiros não desperdiçarão este depósito, que afinal é o resíduo da pele da uva que é uma substância natural e muito rica em sabor. As últimas gotas da garrafa realçam o paladar de qualquer sopa ou estufado.

 

Prova de Vinhos

Mesão Frio oferece mais...